Entrevista do setor: Aumento no setor de RH

Entrevista do setor: Aumento no setor de RH

Com conhecimento de mercado e tecnologia de ponta, a Access registra aumento de 30% na procura de soluções para RH

No dia 5 de Junho foi comemorado o Dia do Profissional de Recursos Humanos. Sua atuação é essencial nas empresas, uma vez que a área é responsável pelo gerenciamento e organização dos colaboradores. A Access, empresa referência em nível mundial em gestão de informações, entende que as atividades desse profissional impactam de maneira direta os processos da companhia, além de estarem na linha de frente na disseminação dos valores corporativos e cultura organizacional.

Sendo um dos principais setores atendidos pela Access, Marcelo Carreira, Gerente de Marketing da Access, comenta sobre a importância do segmento e quais os desafios desse mercado. Confira!

A Access teve aumento na procura de suas soluções para o setor de Recursos Humanos (RH). A que você atribuiria esse resultado?

Em 2017, o volume de propostas voltadas para a área de RH cresceu em 30%. Por isso, realizamos no mês de Abril um evento voltado exclusivamente para os líderes desse setor. O objetivo foi debater como a transformação digital agrega valores para as empresas e qual o papel da gestão documental.

A complexidade da legislação trabalhista afeta diretamente o RH das empresas. Isso representa uma oportunidade ou desafio para a Access?

Empresas prestadoras de BPO (em inglês, Business Process Outsourcing), como a Access, enxergam sempre oportunidades onde existe ineficiência, seja ela provocada pela burocracia, questões processuais ou outros motivos. Nós provemos soluções que buscam desonerar as companhias de atividades improdutivas, ajudando a focarem no “core” da área, que é a gestão de pessoas, no caso de Recursos Humanos.

Qual a estratégia da Access para inovar em soluções para o RH?

A base de tudo é a nossa tecnologia própria, que deu origem ao desenvolvimento da All Store. Com essa plataforma permitimos que as empresas realizem a gestão eletrônica de seus documentos de maneira realmente eficiente. Entendemos a fundo os processos e demandas do setor de RH, o que nos possibilita entregar soluções mais adequadas as suas necessidades.

Talvez o grande diferencial seja enxergar a área como geradora de resultado nas companhias, e a principal responsável pelo EBITDA. Em muitos casos, a maior fatia das despesas está no headcount (termo em inglês que diz respeito ao número de pessoas que trabalham na empresa ou em determinada equipe) e por isso, liberar o RH para focar em atividades como o desenvolvimento humano, melhoria de clima e outras demandas que geram aumento de produtividade e resultados. Essa é a forma que encontramos para ser um parceiro de valor aos nossos clientes.

A Access acompanha as movimentações dos setores de tecnologia e Recursos Humanos. Qual a perspectiva de inserção de inovações para suprir as demandas de RH?

Além de acompanharmos o mercado, temos contato com a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), visitamos os principais eventos como o Congresso Nacional Sobre Gestão de Pessoas (CONARH), e nos mantemos próximos de nossos clientes. A Access atende o RH de mais de 200 empresas, com metodologias personalizadas que melhoram continuamente os processos desses clientes, aumentando sua eficiência, reduzindo riscos trabalhistas e gerando indicadores.

O uso de soluções mobile e a captura descentralizada são as novas ferramentas que vários RHs, principalmente dos negócios com abrangência nacional, estão utilizando. Em um país com dimensões continentais como o Brasil, quebrar a barreira das distâncias geográficas pode significar o sucesso de uma companhia, e a Access está conseguindo ajudar os clientes com soluções inovadoras.

Você acredita que o RH pode ser uma porta de entrada para novas tecnologias nas empresas?

Sim! Imagine fazer a folha de pagamento de milhares de colaboradores sem o uso de tecnologia, controle de ponto, ou até as pesquisas de clima. A transformação digital é uma realidade, os setores precisam cada vez mais se tornarem eficientes e competitivos e o RH está embarcado nesse cenário.