O bom atendimento ao cliente começa na cultura da empresa

O bom atendimento ao cliente começa na cultura da empresa

O bom atendimento ao cliente começa na cultura da empresa

Em 15 de setembro se comemora o Dia do Cliente, essencial para o funcionamento de qualquer companhia. Para realizar um atendimento com excelência, as empresas usam ferramentas e abordagens diversas, desde uma estratégia comercial a treinamentos com colaboradores.
Na Access, o Jeito Access é o conjunto de valores que direciona as atividades e comportamento dos funcionários, buscando criar um ambiente com respeito, iniciativa, responsabilidade, colaboração e honestidade.
Mas como o Jeito Access pode contribuir para conquistar o cliente? Perguntamos para executivos da empresa. Confira as respostas abaixo!

Temos que fazê-lo sentir!

O cliente tem que ter a percepção de um bom atendimento, sentir que estamos preocupados em corresponder as suas expectativas e necessidades. Esse sentimento é melhor do que falarmos alguma frase feita ou ficar a impressão de que falamos “da boca para fora” ou distante de sua realidade.
Atitudes são mais importantes do que palavras. O cliente precisa ter a certeza de que está recebendo o melhor para que tenha confiança em nosso trabalho. Isso começa ao nos aproximarmos desse público e verificarmos suas necessidades. Um atendimento personalizado deve ser nosso desafio.

Juliana Trindade, gerente de projetos da Access

Valorize o ser humano

No meu caso é inevitável pensar no cliente interno. Mas sem dúvida, se aplica a qualquer um deles: trabalhar todos os dias, nas menores ações, para encantá-lo e fazê-lo sentir-se especial.
Basta pensar que todos os elogios que recebemos de clientes contemplam situações nas quais houve iniciativa, atenção, resposta, comprometimento e gentileza. Nunca fomos parabenizados por preços, descontos ou itens relacionados a valor financeiro.
O reconhecimento do fator humano nessa interação é o que faz a diferença.

Juliana Teodoro, diretora de Recursos humanos da Access

Tenha empatia

É crítico e essencial “colocar-se nos sapatos dos outros” quando se trata do cliente.

Teresa Ferreira, CFO da Access

Foco nas pessoas

Trate o seu cliente da mesma forma que gostaria de ser tratado. Negócios são feitos entre pessoas, não entre empresas. É importante estar presente na hora que o problema surgir, pois é nesse momento que somos verdadeiramente avaliados.
E não esqueça de demonstrar entusiasmo em apresentações e reuniões. Transparecer paixão pelo que faz é uma forma de ganhar credibilidade junto ao cliente.

Leandro Pervelli, gerente de compras da Access